Uma parceria entre a Caixa Econômica Federal e o aplicativo de mensagens Whatsapp vai auxiliar na comunicação das informações sobre o Auxílio Emergencial. De acordo com o presidente do banco, Pedro Guimarães, serão disparadas 500 milhões de mensagens para os clientes do Caixa Tem que recebem o Auxílio Emergencial.

O canal desenvolvido de forma gratuita para a Caixa vai informar os beneficiários sobre os calendários de pagamento e de saque e transferência, entre outros assuntos relacionados ao Auxílio Emergencial. As mensagens serão enviadas exclusivamente pelo número 0800 726 0207 (Caixa Cidadão). Para receber as mensagens o usuário deve aceitar o serviço e após isso passará a receber o conteúdo regularmente.

Para o presidente da Caixa, a parceria vai melhorar o fluxo de informação para os beneficiários do Auxílio Emergencial e de outros programas do governo federal. "Muitas das pessoas que vão poder receber de graça essas mensagens, são pessoas mais humildes, que não teriam condições, normalmente. Essa parceria vem de ter o Whatsapp, que é o maior programa de comunicação celular do mundo, e a Caixa com essa participação social, tendo 146 milhões de contas correntes ativas", destacou Guimarães.

Parceria entre Caixa e Whatsapp enviará mensagens aos beneficiários do Auxílio Emergencial. Fonte: Caixa/Divulgação.
Parceria entre Caixa e Whatsapp enviará mensagens aos beneficiários do Auxílio Emergencial. Fonte: Caixa/Divulgação.

Beneficiário deve ficar atento aos golpes

A Caixa ressalta que não haverá solicitação de nenhum dado pessoal ou senha para aderir ao canal de comunicação do Auxílio Emergencial. Portanto, os beneficiários devem ficar atentos a possíveis golpes que tentem se passar pelo canal oficial do banco. "Não haverá pedido de senha nem de dados pessoais. Apenas informações sobre o auxílio serão enviadas", disse o de Políticas Públicas para o WhatsApp no Facebook Brasil, Dario Durigan.

A instituição financeira listou ainda alguns cuidados que devem ser tomados pelo usuário quando contatado pelas redes sociais:

  • Verifique o selo de autenticidade do canal da CAIXA no WhatsApp;
  • Desconfie de qualquer solicitação de dados ou informações pessoais de contatos se fazendo passar pela CAIXA;
  • Certifique-se que o endereço do site, o aplicativo instalado no seu celular e os perfis nas redes sociais são os canais oficiais da CAIXA;
  • Não forneça senhas ou dados de usuário em sites ou aplicativos não oficiais;
  • A CAIXA não envia SMS nem mensagem no WhatsApp com links e só envia e-mails após autorização do cliente;
  • Nunca clique em links suspeitos, que podem levar à instalação de programas espiões, que ficam ocultos no celular ou computador, coletando informações de navegação e dados do usuário;
  • Fique atento a qualquer atividade e situação não usual e, principalmente, não clique em links recebidos por SMS, WhatsApp ou redes sociais para acesso ou desbloqueio de contas, atualização de cadastro e valores a receber;
  • Desconfie de informações sensacionalistas e de "oportunidades imperdíveis";
    Utilize sempre navegadores e antivírus atualizados;
  • A CAIXA jamais pede senha e assinatura eletrônica numa mesma página;
  • Use somente o teclado virtual para digitar a sua assinatura eletrônica;
  • A CAIXA não solicita ao cliente o desbloqueio ou cadastramento de novos dispositivos móveis (celulares);
  • A CAIXA não envia empregado ou motoboy para recolher cartões;
  • Fique atento ao ser abordado em redes sociais por perfis falsos se passando pela CAIXA, sempre verifique se o perfil é oficial.

Confira a live da Caixa sobre a parceria com o Whatsapp (minuto 18'30"):