Concursos da PF e PRF vão convocar todos os aprovados, diz governo

Governo Federal vai autorizar a nomeação de excedentes e convocar todos os aprovados nos concursos promovidos pela Polícia Federal e da Polícia Federal Rodoviária Federal. Cada órgão abriu 500 vagas nos editais e mais de 4 mil deverão ser empossados.

Por Adriano Maas

O Governo Federal vai autorizar a nomeação de todos os mais de 4 mil aprovados nos concursos realizados pela Polícia Federal (PF) e pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). O anúncio vai acontecer no 100º dia de atuação do novo governo, 11 de abril, que tem o Juiz Sérgio Moro à frente do Ministério da Justiça. A Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) comemorou o anúncio. Segundo os editais dos concursos e os resultados divulgados até agora (seleções ainda estão em andamento), na PF poderão ser admitidos até 2.080 aprovados (número de redações corrigidas no concurso) e na PRF outros 2.501.

Segundo a Fenapef, o governo confirmou que chamará todos os aprovados excedentes nos dois concursos. Inicialmente, 500 pessoas foram chamadas para a PF, mas o número, segundo o órgão, seria insuficiente para suprir a demanda.

Estima-se que sejam mais de mil aprovados no último certame, realizado em setembro do ano passado, e mais de quatro mil cargos vagos dentro da Polícia Federal. O presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais, Luís Antônio Boudens, comemora a notícia. "Lutamos veemente para que isso se tornasse uma realidade. Há uma grande possibilidade de ser aberta uma segunda turma na Academia Nacional de Polícia em breve", adianta. Segundo estatísticas, até o ano passado havia uma necessidade real de mais de quatro mil servidores, sendo 2.249 agentes, 629 delegados, 920 escrivães, 116 papiloscopistas, 108 peritos e 327 profissionais da área administrativa.

Concursos da PF e PRF: Governo vai autorizar a convocação de todos os aprovadosConcursos da PF e PRF: Governo vai autorizar a convocação de todos os aprovados

A expectativa é de que os primeiros 500 aprovados entrem no curso de formação até junho deste ano e outra turma até o primeiro semestre de 2020.

Concurso PF

O concurso da Polícia Federal abriu 500 vagas em cinco carreiras de nível superior e o edital reservava 100 vagas para candidatos negros e outras 27 para portadores de deficiência. O concurso está na fase final de avaliação, a etapa de exames médicos dos aprovados, que então iniciam o curso de formação.

As 500 vagas previstas no edital estão distribuídas entre os seguintes cargos:

- 150 vagas para a carreira de Delegado de Polícia Federal, que exige diploma de bacharel em Direito e três anos de atividade jurídica ou policial. O salário é de R$ 22.672,48.

- 60 vagas para Perito Criminal Federal, que exige curso superior em nível de graduação em Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Engenharia Elétrica, Engenharia Eletrônica, Engenharia de Telecomunicações, Engenharia de Redes de Comunicação, Análise de Sistemas, Ciências da Computação, Engenharia da Computação, Engenharia de Redes de Comunicação, Informática , Engenharia Agronômica, Geologia, Engenharia Química, Química Industrial, Química, Engenharia Civil, Engenharia Florestal ou Medicina, com remuneração de R$ 22.672,48.

- 180 vagas para o cargo de Agente de Polícia Federal, que exige diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em qualquer área de formação, com vencimentos de R$ 11.983,26.

- 80 vagas para Escrivão de Polícia Federal, que exige ensino superior em qualquer área de formação e tem salário de R$ 11.983,26.

- 30 vagas para o cargo de Papiloscopista Policial Federal, que exigirá diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em nível de graduação em qualquer área de formação. O salário será também de R$ 11.983,26. Confira os resultados do concurso da PF.

PRF

Já na PRF foram outras 500 vagas para Policial Rodoviário Federal para lotação em 17 estados. Foram ofertadas 17 vagas no Acre, 28 para o Amapá, 23 vagas no Amazonas, 17 vagas para lotação no estado da Bahia, 27 vagas para Goiás, 18 vagas no Maranhão, 9 vagas em Minas Gerais, 35 vagas para Mato Grosso do Sul, 57 vagas para Mato Grosso, 81 no Pará, 22 no Piauí, 10 para o Rio de Janeiro, 23 para o Rio Grande do Sul, 74 em Rondônia, 15 em Roraima, 19 para São Paulo e 25 vagas para o estado do Tocantins - veja o edital de abertura.

O cargo exige ensino superior completo em qualquer área de formação, idade mínima de 18 anos, além de aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo e Carteira Nacional de Habilitação (CNH) no mínimo em categoria "B".

O salário do cargo é de R$ 9.899,88 por jornada de trabalho de 40 horas por semana, lembrando que durante a realização do curso de formação o candidato fará jus, a título de auxílio financeiro, a 50% do subsídio da classe inicial do cargo de Policial Rodoviário Federal.  Veja os resultados do concurso PRF.

Com informações da FENAPEF

Concursos próximos indicados para você
ConcursoInscrições atéN° VagasSalários até
CRO-RS escolhe organizadora para concurso público em 2019Nível: Médio, Superior08/08/2019Cadastro ReservaR$ 4.943,00
Concurso PM-SC 2019 tem banca definidaNível: Superior22/07/20191.000R$ 4.845,82
Concurso CREA-PR 2019 já tem organizadora definidaNível: Médio, Superior08/08/20196R$ 6.505,21
Concurso de Taquaral de Goiás-GO 2019 vai reabrir inscrições em julhoNível: Fundamental, Médio, Técnico, Superior08/08/2019291R$ 8.030,78
Comentários
Carregar comentários
Siga nossas redes sociais