Em breve
Em breve
R$ 7.453,56
70

Ótima notícia aos concurseiros amazonenses! O Conselho Regional de Enfermagem do Amazonas realizará um grande concurso público em breve (concurso COREN-AM). O órgão publicou na edição do Diário Oficial da União desta última quarta-feira, 31 de julho, o documento que atualiza o quadro de cargos e constitui 70 novas funções, sendo 40 efetivos para concurso, 13 em comissão e 17 gratificadas.

O documento cita que "pela Decisão Cofen nº 27/2013, de 15 de março de 2013, e; CONSIDERANDO o disposto no art. 37, II e V, da Constituição Federal de 1988, que impõe a realização de concurso público para a investidura de emprego público nos quadros da autarquia"

De acordo com o documento, foram instituídas as seguintes modificações:

- O cargo de Assessor de Relações Públicas e Comunicação, a partir de agora passa a ser Assessor de Comunicação;

- Criar os Empregos Públicos em Comissão dos cargos de Assessor Técnico e de Gerente de Relacionamento Profissional;

- Extinguir a Função Gratificada de Chefe do Departamento de Registro e Cadastro;

- Criar a Função Gratificada de Auxiliar de Gestão de Contratos;

- Também ficam criados, no quadro de pessoal do Coren-AM para apoio e assessoramento à Diretoria e do Plenário, os empregos em comissão, de livre nomeação e exoneração de Controlador Geral, Procurador Geral, Assessor Executivo, Assessor Jurídico, Assessor Contábil, Assessor Técnico, Assessor do Setor de Licitações e Contratos, Auditor Interno, Assessor de Controle Interno, Assessor de Recursos Humanos e Assessor de Comunicação.

Veja abaixo os cargos que o documento traz que têm salários entre R$ 700,00 e R$ 11.898,98:

Cargos Efetivos para realização do novo concurso

- Auxiliar de Serviços (02) - R$ 1.304,98;
- Almoxarife (01) - R$ 1.404,00;
- Assistente Administrativo (13) - R$ 1.752,19;
- Arquivista (03) - R$ 3.952,00;
- Analista de Relações Públicas (02) - R$ 4.650,40;
- Contador (02) - R$ 5.153,00;
- Analista de Sistemas (02) - R$ 4.955,56;
- Advogado (02) - R$ 6.786,00;
- Administrador (03) - R$ 5.618,68;
- Enfermeiro Fiscal (10) - R$ 7.453,56.

Cargos em Comissão

- Assessor de Recursos Humanos (02) - R$ 3.850,00;
- Assessor de Controle Interno (01) - R$ 3.850,00;
- Assessor de Comunicação (01) - R$ 4.000,00;
- Assessor Técnico (01) - R$ 4.000,00;
- Assessor de Licitações e Contratos (01) - R$ 4.568,49;
- Auditor Interno (01) - R$ 4.568,49;
- Assessor Contábil (01) - R$ 4.568,49;
- Gerente de Relacionamento Profissional (01) - R$ 4.000,00;
- Assessor Jurídico (01) - R$ 5.750,46;
- Assessor Executivo (01) - R$ 6.500,00;
- Controlador Geral (01) - R$ 8.900,00;
- Procurador Geral (01) - R$ 11.898,98.

Relação de Funções Gratificadas

- Chefe do Departamento Administrativo (01) - R$ 1.000,00;
- Chefe do Departamento Financeiro (01) - R$ 1.000,00;
- Auxiliar de Gestão de Contratos (01) - R$ 1.000,00;
- Chefe do Departamento de Fiscalização (DEFIS) (01) - R$ 1.000,00;
- Chefe do Setor de Protocolo e Arquivo (01) - R$ 700,00;
- Chefe do Setor de Recursos Humanos (01) - R$ 700,00;
- Chefe do Setor de Serviços Gerais (01) - R$ 700,00;
- Chefe do Setor de Comunicação (01) - R$ 700,00;
- Chefe do Setor de Cobrança (01) - R$ 700,00;
- Chefe do Setor de Contabilidade (01) - R$ 700,00;
- Chefe do Setor Financeiro (01) - R$ 700,00;
- Chefe do Setor de Materiais e Patrimônio (01) - R$ 700,00;
- Chefe do Setor de Processos Administrativos e Contenciosos (01) - R$ 700,00;
- Chefe do Setor Tecnologia da Informação e Comunicação (01) - R$ 700,00;
- Chefe do Setor de Dívida Ativa (01) - R$ 700,00;
- Chefe do Setor Licitações e Contratos (01) - R$ 700,00;
- Chefe do Setor de Inscrição de Profissionais (01) - R$ 700,00.

Principais atividades dos CORENS

- Deliberar sobre inscrição no Conselho, bem como o seu cancelamento;
- Disciplinar e fiscalizar o exercício profissional, observadas as diretrizes gerais do COFEN;
- Executar as resoluções do COFEN;
- Expedir a carteira de identidade profissional, indispensável ao exercício da profissão e válida em todo o território nacional;
- Fiscalizar o exercício profissional e decidir os assuntos atinentes à Ética Profissional, impondo as penalidades cabíveis;
- Elaborar a sua proposta orçamentária anual e o projeto de seu regimento interno, submetendo-os à aprovação do COFEN;
- Zelar pelo bom conceito da profissão e dos que a exerçam; propor ao COFEN medidas visando a melhoria do exercício profissional;
- Eleger sua Diretoria e seus Delegados eleitores ao Conselho Federal;
- Exercer as demais atribuições que lhe forem conferidas pela Lei 5.905/73 e pelo COFEN.