No domingo de 24 de março foram aplicadas as provas objetivas do grande concurso público da Petrobras em 2024. Aberto no final do ano passado, o concurso oferece um número significativo de vagas, totalizando 6.412, das quais 916 são imediatas e 5.496 são para formação de cadastro de reserva no cargo de Profissional Petrobras de Nível Técnico Júnior.

As provas objetivas ocorreram no domingo em várias cidades do país com início às 14h e duração de 4 horas. O Cebraspe, banca que coordenou as provas, divulgou recentemente que foram 161.460 inscritos na seleção, com maior demanda para a área de Suprimento de Bens e Serviços - Administração na região Sudeste, que teve 29.854 candidatos - veja a concorrência.

As provas ocorreram em diversas cidades, incluindo Betim/MG, Belo Horizonte/MG, Cubatão/SP, Duque de Caxias/RJ, Itaboraí/RJ, Macaé/RJ, Mauá/SP, Paulínia/SP, Rio de Janeiro/RJ, Santos/SP, São José dos Campos/SP, São Paulo/SP, Vitória/ES, Araucária/PR, Canoas/RS, Porto Alegre/RS, Curitiba/PR, Ipojuca/PE e Recife/PE. A banca informou ainda que devido ao grande número de candidatos, alguns inscritos que optaram por realizar as provas em Macaé/RJ tiveram que fazer a prova em Campos dos Goytacazes ou em Rio das Ostras.

Gabarito Petrobras 2024

As provas objetivas tiveram 100 questões do tipo certo ou errado, distribuídas em 40 questões de conhecimentos básicos (língua portuguesa e matemática) e 60 questões de conhecimentos específicos.

Os candidatos já podem realizar a consulta individual ao gabarito preliminar das provas objetivas, desde às 10h desta terça-feira, no site https://www.cebraspe.org.br/concursos/petrobras_23_ntj.

Os gabaritos serão liberados até o final desta quarta-feira também em formato pdf.

Caso o candidato considerar necessário, poderá interpor recursos conrtra o gabarito preliminar entre os dias 27 a 28 de março de 2024, através do Sistema Eletrônico de Interposição de Recurso.

Correção da prova objetiva

A nota em cada item das provas objetivas será igual a:

  • 1,00 ponto, caso a resposta da pessoa candidata esteja em concordância com o gabarito oficial definitivo das provas;
  • 1,00 ponto negativo, caso a resposta da pessoa candidata esteja em discordância com o gabarito oficial definitivo das provas;
  • 0,00, caso não haja marcação ou haja marcação dupla (C e E).

Será reprovado nas provas objetivas o candidato que se enquadrar em pelo menos um dos itens a seguir:

  • obtiver nota inferior a 8,00 pontos na prova objetiva de conhecimentos básicos P1;
  • obtiver nota inferior a 18,00 pontos na prova objetiva de conhecimentos específicos P2;
  • obtiver nota inferior a 30,00 pontos no conjunto das provas objetivas.

O resultado final das provas objetivas estará disponível para consulta a partir do dia 19 de abril, mesma data de convocação para a avaliação multiprofissional e para o procedimento de heteroidentificação.

Área de atuação - Profissional Petrobras de Nível Técnico Júnior

  • Enfermagem do Trabalho - Exige curso técnico de nível médio em enfermagem complementado por curso de qualificação de auxiliar de enfermagem do trabalho e registro no respectivo conselho de classe, como técnico.
  • Inspeção de Equipamentos e Instalações - Exige curso técnico de nível médio em automação industrial, eletroeletrônica, eletromecânica, eletrônica, eletrotécnica, mecânica, mecânica de precisão, metalurgia, metrologia, fabricação mecânica, mecatrônica, química ou soldagem e registro no respectivo conselho de classe, como técnico;
  • Logística de Transportes - Controle - Exige curso técnico de nível médio em administração, aeroportuário, comércio exterior, logística, portos, suprimento, transporte aquaviário, transporte de cargas e transporte rodoviário;
  • Manutenção - Caldeiraria - Exige curso técnico de nível médio em eletromecânica, fabricação mecânica, mecânica, mecatrônica, metalurgia ou soldagem e registro no respectivo conselho de classe, como técnico;
  • Manutenção - Elétrica - Exige curso técnico de nível médio em eletroeletrônica, eletromecânica ou eletrotécnica e registro no respectivo conselho de classe, como técnico;
  • Manutenção - Instrumentação - Exige curso técnico de nível médio em automação industrial, eletrônica, eletroeletrônica, mecatrônica ou metrologia e registro no respectivo conselho de classe, como técnico;
  • Manutenção - Mecânica - Exige curso técnico de nível médio em eletromecânica, fabricação mecânica, manutenção de aeronaves, manutenção de máquinas pesadas, mecânica, mecânica de aeronaves, mecânica de precisão ou soldagem e registro no respectivo conselho de classe, como técnico;
  • Operação - Exige curso técnico de nível médio em análises químicas, automação industrial, construção naval, eletricidade e instrumentos aeronáuticos, eletroeletrônica, eletromecânica, eletrônica, eletrotécnica, fabricação mecânica, manutenção automotiva, manutenção de aeronaves, manutenção de máquinas pesadas, máquinas navais, mecânica, mecânica de aeronaves, mecânica de precisão, mecatrônica, metalurgia, metrologia, petróleo e gás, petroquímica, plásticos, química, refrigeração e climatização, sistemas a gás ou soldagem e registro no respectivo conselho de classe, como técnico;
  • Operação de Lastro - Exige curso técnico de nível médio em automação industrial, construção naval, eletricidade e instrumentos aeronáuticos, eletroeletrônica, eletromecânica, eletrônica, eletrotécnica, fabricação mecânica, manutenção automotiva, manutenção de aeronaves, manutenção de máquinas pesadas, máquinas navais, mecânica, mecânica de aeronaves, mecânica de precisão, mecatrônica, metalurgia, metrologia, petróleo e gás, soldagem ou telecomunicações e registro no respectivo conselho de classe, como técnico;
  • Projetos, Construção e Montagem - Edificações - Exige curso técnico de nível médio em edificações ou estradas e registro no respectivo conselho de classe, como técnico;
  • Projetos, Construção e Montagem - Elétrica - Exige curso técnico de nível médio em eletricidade e instrumentos aeronáuticos, eletroeletrônica, eletromecânica ou eletrotécnica e registro no respectivo conselho de classe, como técnico;
  • Projetos, Construção e Montagem - Instrumentação - Exige curso técnico de nível médio em Automação Industrial, Eletroeletrônica, Eletromecânica, Eletrônica, Mecatrônica ou Metrologia e registro no respectivo conselho de classe, como técnico;
  • Projetos, Construção Montagem - Mecânica - Exige curso técnico de nível médio em eletromecânica, fabricação mecânica, manutenção automotiva, manutenção de aeronaves, manutenção de máquinas pesadas, mecânica, mecânica de precisão, mecatrônica, metalurgia ou soldagem e registro no respectivo conselho de classe, como técnico;
  • Química de Petróleo - Exige curso técnico de nível médio em análises químicas, química ou petroquímica e registro no respectivo conselho de classe, como técnico;
  • Segurança do Trabalho - Pede curso técnico de nível médio em segurança do trabalho, ou curso de nível médio acrescido de curso de supervisor de segurança do trabalho e registro no ministério do trabalho e emprego;
  • Suprimento de Bens e Serviços - Administração - Exige curso técnico de nível médio em administração, comércio, comércio exterior, contabilidade, finanças, informática, logística ou suprimento.

A remuneração ofertada para o cargo é de R$ 3.446,23 com garantia de remuneração mínima de R$ 5.878,82, mais vantagens e benefícios.

O período de vigência do processo seletivo público será de 18 meses, a partir da data de publicação do edital de homologação dos resultados finais. A Petrobras reserva-se o direito de prorrogar este prazo por um período igual, uma única vez, conforme seu critério.

Total de Vagas

1.119

Início inscrições

15/02/2023

Fim Inscrições

17/03/2023

Salários até

R$ 5.563,90