Quanto ganha um Recenseador do IBGE? Veja o salário por cidade

Um Recenseador do IBGE poderá ter salário de até R$ 4,5 mil para atuar no Censo 2020. Entenda como é feito o cálculo da remuneração e como é o trabalho do cargo.

Por Caroline Fagundes Pieczarka

Iniciaram nesta quinta-feira, 05 de março, as inscrições para mais um grande concurso no IBGE. São 208 mil vagas abertas em todo o país para compor o quadro de profissionais que irá coletar os dados do estudo para o Censo Demográfico. A maioria das vagas - 180.557 delas - são para o cargo de Recenseador que, ao contrário dos demais cargos, não possui um salário pré-definido. Mas então, é possível saber quanto ganha um Recenseador do IBGE? A resposta é sim, mas antes entenda como funciona o censo demográfico e qual é o trabalho desse profissional.

Os dois processos seletivos promovidos pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística -IBGE estão a cargo do Cebraspe, que recebe inscrições até o dia 24 de março de 2020. As provas ocorrerão no dia 17 de maio para Agentes e no dia 24 de maio para Recenseadores Veja a distribuição das vagas:

Função Municípios Vagas Remuneração
Agente Censitário Municipal (ACM) 4.612 5.462 R$ 2.100,00
Agente Censitário Supervisor (ACS) 4.612 22.676 R$ 1.700,00
Recenseador 5.569 180.557 Por produção

- Veja o edital para o cargo de Recenseador do IBGE

O que faz um Recenseador do IBGE

O Recenseador é o profissional responsável pela coleta de dados do estudo. É ele que percorrerá os domicílios da zona urbana e rural aplicando os questionários aos moradores. Cada Recenseador será lotado a um local físico, chamado de Posto de Coleta, onde ele irá devolver o material de trabalho coletado ao Instituto. Para concorrer ao cargo de Recenseador é necessário ter escolaridade de nível fundamental completo.

Todos os questionários serão coletados por meio digital, com georreferenciamento dos locais de coleta e armazenados em bancos de dados, a serem atualizados interativamente. O questionário básico contará com 26 questões e deverá ser aplicado nos domicílios brasileiros entre os meses de agosto e outubro. Entre os temas mais investigados pelo estudo estarão as características dos domicílio, identificação étnico-racial, nupcialidade, núcleo familiar, religião ou culto, deficiência, entre outros.

Qual o salário do Recenseador do IBGE

A remuneração mensal do Recenseador se dá por produção, isto é, calculada por Setor Censitário conforme taxa fixada de acordo com as unidades recenseadas (domicílios urbanos e/ou rurais), pessoas recenseadas e registro no controle da coleta de dados. Um Recenseador pode chegar a ganhar mais de R$ 4.500,00 por mês, se atuar em áreas remotas e com uma jornada mais ampla de trabalho.

Neste cálculo, é levado em consideração o tempo diário e semanal dedicado ao trabalho e o grau de facilidade/dificuldade encontrado na abordagem aos domicílios. O contrato de trabalho do Recenseador não possui uma jornada diária fixa, mas deve respeitar o mínimo de 25 horas semanais e poderá ser de até 50 horas semanais, caso o contratado queira.

O IBGE disponibiliza uma ferramenta de simulação de salário de um Recenseador. Ela dá uma estimativa da remuneração por diferentes municípios, zonas de trabalho e quantidade de horas semanais trabalhadas para ter uma noção do salário oferecido. Para ilustrar, simulamos quanto receberia um profissional atuando por 40 horas semanais em 5 capitais brasileiras: Porto Alegre, Rio de Janeiro, Cuiabá, Manaus e Fortaleza. Confira:

Porto Alegre-RS
Salário mensal (40h semanais/zona urbana): R$ 2.675,40
Salário máximo estimado (50h semanais/zona rural): R$ 3.677,52

Salrio médio de um Recenseador do IBGE em Porto Alegre-RS
Salário médio de um Recenseador do IBGE em Porto Alegre-RS

Salrio do Recenseador do IBGE para zona rural de Porto Alegre-RS
Salário do Recenseador do IBGE para zona rural de Porto Alegre-RS

Rio de Janeiro-RJ
Salário mensal (40h semanais/zona urbana): R$ 2.783,28
Salário máximo estimado (50h semanais/zona rural): R$ 3.820,36

Salrio de um Recenseador no Rio de Janeiro
Salário de um Recenseador no Rio de Janeiro

Cuiabá-MT
Salário mensal (40h semanais/zona urbana): R$ 2.738,88
Salário máximo estimado (50h semanais/zona rural): R$ 3.740,04

Salrio estimado de um Recenseador da Zona Rural de Cuiab-MT
Salário estimado de um Recenseador da Zona Rural de Cuiabá-MT

Mais salários de Recenseadores em outras cidades

Manaus-AM
Salário mensal (40h semanais/zona urbana): R$ 3.054,32
Salário máximo estimado (50h semanais/zona rural): R$ 4.171,56

Fortaleza-CE
Salário mensal (40h semanais/zona urbana): R$ 2.316,72
Salário máximo estimado (50h semanais/zona rural): R$ 3.178,76

São Paulo-SP
Salário mensal (40h semanais/zona urbana): R$ 3.496,60
Salário máximo estimado (50h semanais/zona rural): R$ 4.516,12

Brasília-DF
Salário mensal (40h semanais/zona urbana): R$ 3.610,52
Salário máximo estimado (50h semanais/zona rural): R$ 4.660,20

Belo Horizonte-MG
Salário mensal (40h semanais/zona urbana): R$ 3.610,52
Salário máximo estimado (50h semanais/zona rural): R$ 4.489,12

Para consultar o salário estimado em outros estados/cidades do país, acesse a ferramenta do IBGE.

Inscrições

No site em que serão realizadas as inscrições da seleção o IBGE disponibilizou também uma apostila com os principais conhecimentos técnicos que serão cobrados para ingressar no cargo de Recenseador. O material é gratuito e pode ser baixado.

As inscrições na seleção do IBGE seguem abertas até o dia 24 de março de 2020, exclusivamente via internet, no site www.cebraspe.org.br/concursos/ibge_20_recenseador. Será cobrada taxa de inscrição no valor de R$ 23,61.

As provas para o cargo terão 50 questões sobre Língua Portuguesa (10), Matemática (10), Ética no serviço público (5) e Conhecimentos técnicos (25). As provas ocorrerão no dia 24/5 em todos os estados nas mais de 4 mil cidades/sede dos postos de coleta.

Prepare-se: Apostila de estudo específica para Recenseador do IBGE

Censo demográfico 2020

O Censo demográfico é um estudo que permite conhecer em que condições vive a população brasileira. Realizado de 10 em 10 anos, o censo produz informações atualizadas e precisas, que são fundamentais para o desenvolvimento e implementação de políticas públicas e para a realização de investimentos. Através dele é possível saber qual o tamanho da população, como ela se distribui no território nacional, qual o nível de escolaridade, entre outras características relacionadas ao povo brasileiro.

O Censo de 2020 será a maior operação de recenseamento organizada no país. Com uma população que ultrapassa 211 milhões de habitantes, aproximadamente 71 milhões de residências serão visitadas em 5.570 municípios. Para isso, o IBGE vai contratar temporariamente mais de 230 mil pessoas que irão trabalhar na coleta de dados, supervisão, apoio técnico-administrativo e apuração dos resultados. Os resultados preliminares devem ser apresentados a partir da segunda quinzena de dezembro de 2020.

Concursos próximos indicados para você
ConcursoInscrições atéN° VagasSalários até
Edital do concurso de Frederico Westphalen-RS está pronto e deve sair em abrilNível: Médio, Superior11/06/20203R$ 4.473,35
Concurso DEPEN 2020: Edital com 309 vagas é retificadoNível: Médio, Superior05/06/2020309R$ 6.030,23
Concurso DEPEN 2020: inscrições encerram nesta sexta (5)Nível: Médio, Superior05/06/2020309R$ 6.030,23
Concurso DEPEN tem 294 vagas de nível médio com salário de R$ 6 milNível: Médio, Superior05/06/2020309R$ 6.030,23
Comentários
Carregar comentários
Siga nossas redes sociais