Dicas de Português para concursos: Parônimos e Homônimos

Aprenda a empregar, corretamente, as palavras que são muito parecidas ou até iguais, tanto na grafia quanto na pronúncia, mas que possuem sentidos diferentes. A essas danadas que costumam nos deixar em dúvida na hora de escolher entre uma e outra chamamos de parônimos ou homônimos. Entenda a diferença.

Por: Marluci Fontana
0
0 share
0 tweets
0 share

Algumas pegadinhas de português que costumam pegar os concurseiros em provas de português são referentes a homônimos e parônimos. Nunca ouviu falar nesse termo? Calma. Aposto que, ao dar um exemplo, logo você lembrará de alguma situação em que ficou em dúvida sobre qual palavra deveria usar já que elas tinham a grafia e a leitura parecida. Pois bem, neste artigo você aprenderá, de uma vez por todas os diferentes significados de palavras tão parecidas.

Parônimos

São palavras que possuem grafia e/ou pronúncia parecidas, mas significados diferentes.

Exemplos: 

Cavaleiro (homem que anda a cavalos) - Cavalheiro (homem gentil, educado)

Inflação (alta dos preços) - Infração (ato de desobedecer algo)

Emergir (aparecer, vir à tona) - Imergir (desaparecer, mergulhar)

Soar (emitir som) - Suar (transpirar)

Comprimento (extensão) - Cumprimento (executar, saudar)

Eminente (ilustre, notável) - Iminente (vai acontecer)

Geminada (igual, gêmea) - Germinada (que nasceu, desenvolveu)

Tráfego (trânsito) - Tráfico (de drogas)

Ratificar (confirmar) - Retificar (reparar)

Sortir (abastecer, misturar) - Surtir (resultar, aparecer, ter sucesso)

Vultoso (volumoso, considerável) - vultuoso (inchado)

Flagrante (ato de flagrar, surpreender) - Fragrante (perfumado, aromático)

Peão (domador de cavalos) - Pião (brinquedo)

Descrição (ato de descrever, expor, contar) - Discrição (qualidade de discreto, prudência, reserva)

Emigrar (deixar um país, sair da pátria) - Imigrar (entrar em um país estrangeiro para nele morar) 

Discriminar (diferenciar, distinguir) - Descriminar (inocentar, isentar)

Absolver (inocentar) - Absorver (aspirar, sorver)

Aprender (formar conhecimento) - Apreender (capturar, assimilar)

Bebedor (aquele que bebe) - Bebedouro (local para beber)

Deferir (atender) - Diferir (distinguir-se, divergir)

Despensa (local onde se guarda mantimentos) - Dispensa (ato de dispensar)

Docente (relativo a professores) - Discente (relativo a alunos)

Estada (permanência em algum lugar) - Estadia (permanência temporária em um lugar)

Fluir (transcorrer) - Fruir (desfrutar)

Mandato (procuração, delegação) - Mandado (ordem judicial ou administrativa)

Sustar (suspender) - Suster (sustentar)

Esbaforido (ofegante, apressado) - Espavorido (apavorado)

Apóstrofe (figura de linguagem) - Apóstrofo (sinal gráfico)

Homônimos

São palavras que possuem a mesma pronúncia ou mesma grafia, mas significados diferentes.

Exemplos: 

Espectador (que assiste a um espetáculo, programa de televisão, filme) - Expectador (que está na expectativa, espera alguma coisa)

Conserto (reparar, arrumar algo) - Concerto (execução de obras musicais)

Acento (sinal gráfico) - Assento (lugar onde se senta)

Cesto (de lixo, de roupas) - Sexto (referente ao número seis)

Cela (pequeno cômodo) - Sela (usada no lombo do cavalo para o cavaleiro sentar)

Coser (costurar) - Cozer (cozinhar)

Ascender (subir) - Acender (atear fogo)

Tachar (acusar) - Taxar (tarifar)

Senso (juízo) - Censo (recenseamento)

Extrato (de banco, de tomate) - Estrato (unidade individual de rocha, tipo de camada)

Sessão (reunião) - Seção (parte, divisão, departamento, cinema) - Cessão (ato de ceder)

Intercessão (interceder) - Interseção (separar)

Cesta (de páscoa, objeto de palha) - Sexta (dia da semana) - Sesta (tempo de descanso após o almoço)

Laço (nó, enfeite de cabelo) - Lasso (cansado, frouxo, bambo)

Aço (metal) - Asso (verbo assar conjugado)

Tipos de Homônimos

Os homônimos podem ser perfeitos, homógrafos ou homófonos. Veja a seguir.

Homônimos perfeitos

São palavras que possuem grafia e pronúncia iguais, mas sentidos diferentes.

Exemplos:

Banco (da praça) - Banco (financeiro)

Manga (fruta) - Manga (da camisa)

Homógrafos

São palavras que possuem a mesma grafia, mas som diferentes.

Exemplos:

Começo (verbo começar conjugado na primeira pessoa do singular) - Começo (início)

Homófonos 

Palavras que possuem grafia diferente e mesmo som.

Exemplos:

Cela (do presídio) - Sela (do cavalo)

Se você curtiu este artigo também vai gostar deste que traz dicas de Crase e deste outro que explica o uso dos porquês. Além disso, aqui há outras dicas de estudos para você conquistar a sua aprovação. Bons estudos e boa sorte!

Avalie esta notícia

Nota:

(4.6/5.0)

Concursos Abertos

Busca avançada de concursos
Concursos Previstos Últimas Notícias
carregando...
FAÇA UM COMENTÁRIO
Faça um comentário sobre este assunto
Enviar