Regras para uso dos Porquês

Veja o uso dos porquês na língua culta e saiba como usar corretamente cada uma das opções.

Por: Marluci Fontana
0
0 share
0 tweets
0 share

O uso dos porquês é um assunto bastante discutido e frequentemente cobrado em provas de português em concursos públicos. As quatro opções de escrita dessa palavrinha são as responsáveis pela nossa confusão na hora de definir qual é a indicada para cada situação. Por que - separado e sem acento, porquê - tudo junto e com acento, por quê - separado e com acento ou será melhor o porque - tudo junto sem acento? Pois bem, cada tipo de escrita do porquê representa um sentido diferente. Para entender, de uma vez por todas, qual forma usar em cada ocasião, preparamos uma explicação simples e prática.

Por que

Pronome interrogativo que traz, subentendido, o sentido de motivo ou razão. Pode ser usado no início ou no meio de perguntas diretas. Exemplo: Por que vamos ao parque?

Pode ser usado também em questionamentos indiretos, quando não houver o sinal de interrogação. Exemplo: Não sabemos por que Júlia não compareceu à aula hoje.

Além disso, esse formato pode significar "pelo qual" e  suas variações. Exemplo: A razão por que (pela qual) aceitei o convite não lhe interessa.

Por quê

Pronome interrogativo usado ao final de uma frase. Vem sempre antes de um ponto, seja ele final ou de interrogação. Exemplos: Você está zangada, por quê? Ela não estava se sentindo bem e eu não sei por quê.

Porque

Conjunção explicativa utilizada em respostas e explicações. Tem o objetivo de estabelecer o elo entre o problema e a sua causa. A forma "porque" apresenta o sentido equivalente ao da palavra "pois", introduzindo a ideia de causa. Exemplo: Estou zangada porque você mentiu.

Porquê

Utilizado como um substantivo masculino que vem precedido de artigo. Tem o mesmo significado da palavra motivo. Exemplo: São muitos os porquês da minha indignação.

Resumidamente e para nunca mais esquecer, segue a dica de um menino curioso de uma história em quadrinhos.

Agora ficou fácil saber quando e como usar os porquês, não é mesmo?! Além deste, outro conteúdo que costuma cair nas provas de português em concursos públicos é sobre aplicação da crase. Veja neste artigo as dicas que preparamos para você nunca mais esquecer quando deve ou não usar o artigo grave.

Avalie esta notícia

Nota:

(5.0/5.0)

Concursos Abertos

Busca avançada de concursos
Concursos Previstos Últimas Notícias
carregando...
FAÇA UM COMENTÁRIO
Faça um comentário sobre este assunto
Enviar