Você está mesmo disposto a mudar sua vida?

O sonho de muitos estudantes e mesmo de quem já possui uma colocação no mercado de trabalho é passar num concurso público. Mas até onde você é capaz de chegar para conseguir esse objetivo?

Por: Adrien Carlos Duarte
0
0 share
0 tweets
0 share

A carreira pública se torna cada dia mais atrativa em função da defasagem do salário comercial da atualidade, e pelas remunerações cada vez mais atraentes, que normalmente oferece. Claro que além da remuneração, a estabilidade de um cargo público também encanta, assim como os benefícios oferecidos por certos órgãos.

Apesar de todas estas vantagens, e da vontade que todos têm de melhorar de vida, o quanto você está disposto a mudar na sua vida pra conseguir tudo isso? O quanto você está disposto a sacrificar em troca de um futuro mais confortável? Poucos calculam isso quando pensam em participar de uma seleção pública. São poucos os possíveis candidatos que entendem e estão dispostos a perder noites de sono estudando, perder certo tempo precioso com a família, trocar a televisão e o computador por livros e o fim de semana por cadernos.

Você seria capaz de dar esses pequenos passos, que juntos se tornam gigantes, todos de uma vez? O quanto da sua vida você estaria disposto a sacrificar para se preparar para um concurso público? Você já analisou como será sair da sua zona de conforto, se for aprovado e precisar mudar de cidade com a família? Todos estes, são questionamentos muito importantes quando se pensa em tomar uma decisão desta proporção.

Fatos para se levar em consideração

O tipo de concurso que você pretende prestar: Você tem alguma vaga como principal meta, ou algum cargo em um concurso que combine completamente com suas necessidades? Da resposta dessas perguntas pode depender a sua dedicação aos estudos, e a sua coragem quando chegar a hora de mudar. Muito da sua felicidade profissional também depende muito das suas respostas aqui.

O salário do cargo é compatível com o custo de vida da cidade de lotação da vaga?

Alguns salários podem parecer muito atrativos quando estamos em determinada situação, ou em determinada região. Mas o candidato deve ter em mente que o custo de vida é completamente sazonal, ou seja, ele muda de local para local. O que pode parecer uma remuneração gigante pra você enquanto você mora na sua cidade atual, pode não dar conta das despesas se você mudar de cidade ou de estado. Na melhor das hipóteses pode manter a sua vida no mesmo padrão; o que não é bem o que se pretende quando se quer passar num concurso público, não é? Se você tem família, a tomada de decisão é ainda maior, pois pode atingir pessoas importantes para você.

Você está disposto a deixar uma vida para trás?

Quando eu digo vida estou me referindo a tudo o que você já construiu e conquistou antes de optar por ser um concursado. Abandonar aquele emprego que embora não lhe traga grandes felicidades, lhe traz estabilidade; ou a faculdade, que embora custe esforço, dinheiro e tempo, pode lhe trazer um emprego na sua área preferida; ou ainda, o pedaço da família que vai ficar pra trás quando você mudar de cidade.

O quanto você está disposto a investir?

Embora estudar seja algo que não envolva custos, o material para se preparar para um concurso não costuma ser barato. São apostilas, cursos, livros, vídeoaulas e outros detalhes que geralmente pesam no orçamento mensal. Mesmo que o investimento tenha que ser feito apenas uma vez, no início do cronograma de estudos, é uma necessidade real a compra de material didático atualizado, ainda mais quando a aprovação depende de conhecimentos em leis, já que elas estão sempre mudando. Os cursinhos também são um investimento com grande garantia da retorno, pois estudar sozinho pode ser menos efetivo para algumas pessoas. É necessário um grande planejamento na hora de investir no material e no método de estudo correto, e há que se pensar no gasto que isso envolve.

Estar preparado para perder

A maior parte dos concursandos, pra não dizer 99%, não consegue obter a sua aprovação na primeira tentativa. Isso porque além de estudar muito ainda é necessário considerar o nervosismo da hora da prova, o pouco tempo de estudo ou questões feitas para confundir os concurseiros de primeira viagem, entre outros fatores que não dependem do candidato. Estes fatos podem fazer com que não se conquiste a tão sonhada vaga no primeiro concurso, por isso saber perder é uma característica importante em quem escolheu este caminho. Saber que podem haver diversas tentativas antes do sucesso pode ser determinante para que não se desanime nessa jornada em busca de um cargo público.

Saber balancear as horas de estudo e as horas de lazer

O cérebro precisa de momentos de lazer tanto quanto precisa dos momentos de estudo. Isso porque é durante o período de lazer que ele absorve realmente aquilo que foi estudado. De nada adianta somar horas e horas de estudo se o candidato não der tempo para o seu cérebro trabalhar as informações absorvidas a dividi-las nos arquivos específicos da sua memória. Por isso os momentos de lazer e diversão devem estar incluídos no cronograma de um concurseiro, que deve reservar pelo menos um dia por semana para usar em atividades mais leves do que estar debruçado sobre os livros.

Foco e disciplina

São a contraparte do último item, já que é a partir deles que você vai decidir exatamente o que quer seguir na vida e para onde var direcionar os seus esforços. Ninguém consegue se preparar para passar em todos os concursos, por isso especificar a afunilar as suas opções é a alternativa mais válida. Caso deseje estudar para mais de uma seleção, escolha concursos que contenham pelo menos metade de seus conteúdos programáticos semelhantes. Desta forma você otimiza o seu tempo, mantendo o foco em disciplinas que serão úteis em ambos os certames.

Enfim, não existe sucesso sem sacrifício isso é uma grande regra pra quem não nasceu em berço de ouro. Então todo o sucesso da sua vida, conquistas e metas que você quiser atingir na sua vida dependem de você e de quanto você é capaz de persistir nos seus desafios. Não importa se perto ou longe de casa, o que importa é a satisfação que a conquista vai te trazer. O verdadeiro sucesso vem da sensação de alcançar aquilo que queremos na vida.

Avalie esta notícia

Nota:

(4.6/5.0)

Concursos Abertos

Busca avançada de concursos
Concursos Previstos Últimas Notícias
carregando...
FAÇA UM COMENTÁRIO
Faça um comentário sobre este assunto
Enviar