10/08/2020
12/08/2020
19/08/2020
R$ 1.400,00
3

Anexos

A Prefeitura de Giruá, no estado do Rio Grande do Sul, informa ao público em geral que está realizando um novo processo seletivo simplificado para preencher 3 vagas e ainda formar cadastro de reserva no cargo de Agente Comunitário de Saúde para atuação no ESF IV (interior).

A função de Agente de Saúde exige escolaridade de ensino fundamental completo e o candidato deve ainda residir na área da comunidade em que for atuar. O salário do cargo é de R$ 1.400,00, por jornada de 40 horas semanais de trabalho.

A contratação será de até doze meses, podendo ser prorrogado por igual período de tempo.

Inscrição

As inscrições serão gratuitas e estarão abertas entre os dias 10 e 12 de agosto de 2020, das 08h30min às 12h na Secretaria Municipal de Administração, R. Independência, nº 90, Centro, Giruá-RS. No ato da inscrição o candidato obrigatoriamente deverá apresentar os seguintes documentos:

  • Cópia xerográfica da Cédula de Identidade e CPF;
  • Cópia xerográfica do Diploma ou Certificado de Conclusão de Ensino Fundamental Completo, com exceção aos que na data de publicação da Lei Federal nº11.350/2006, desempenhavam atividades próprias de agente comunitário de saúde;
  • Cópia xerográfica de Comprovante de residir na área da comunidade em que atuar.

Provas

Este processo seletivo terá prova objetiva composta de 10 questões de múltipla escolha. A prova será aplicada no 19 de agosto de 2020, com início às 14h e término às 16h, na Secretaria Municipal de Trabalho e Cidadania, na Rua Dr. Bozano, nº 32, Centro, Giruá/RS.

A divulgação do gabarito ocorre no dia 20 de agosto, no Mural da Prefeitura (Imprensa Oficial do Poder Executivo, e no site www.girua.rs.gov.br.

Atribuições do Agente Comunitário de Saúde: Trabalhar com adscrição de famílias em base geográfica definida, a microárea. Cadastrar todas as pessoas de sua microárea e manter os cadastros atualizados. Orientar as famílias quanto à utilização dos serviços de saúde disponíveis. Realizar atividades programadas e de atenção à demanda espontânea. Acompanhar, por meio de visita domiciliar, todas as famílias e indivíduos sob sua responsabilidade. As visitas deverão ser programadas em conjunto com a equipe, considerando os critérios de risco e vulnerabilidade de modo que famílias com maior necessidade sejam visitadas mais vezes, mantendo como referência a média de uma visita/família/mês. Entre outras tarefas afins.

Anexos