Detran SP abre inscrições do concurso com 400 vagas; veja dicas de estudo para a prova

Uma das provas mais aguardadas de 2019 na região Sudeste, também será uma das mais concorridas, por isso, é importante utilizar bem os três meses que faltam para a data da prova e se preparar bem. Confira algumas dicar de preparação para o concurso DETRAN SP 2019.

Por Luana Daniele Ciecelski
Abertura inscrições 05/04/2019 Data da prova 07/07/2019 Total de vagas 400
Encerra inscrições 15/05/2019 Gabaritos em 08/07/2019 Salários até R$ 4.657,50

Nesta sexta-feira, 05, o Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran SP) abre as inscrições daquele que vinha sendo um dos concursos mais esperados da região Sudeste no ano. Com 400 vagas abertas para candidatos de níveis médio e superior, o certame está oferecendo oportunidades nas carreiras de Oficial Estadual de Trânsito (200), com salário de R$ 1.863,00, e para  Agente Estadual de Trânsito (200), que tem rendimentos de R$ 4.657,50 - para atuação em diversas cidades do estado de São Paulo em jornadas de 40 horas semanais. O edital da seleção foi publicado pela Fundação Carlos Chagas - FCC, que coordena o concurso e aplicará as provas em julho - veja o edital do concurso DETRAN SP 2019.

Interessados no concurso do Detran SP têm três meses para estudarInteressados no concurso do Detran SP têm três meses para estudarPor ser um concurso muito aguardado, com um bom número de vagas e com oportunidades tanto para candidatos de nível médio quanto superior, a expectativa é de que esse seja um concurso muito disputado. Por isso, os candidatos realmente interessados em uma das vagas devem se preparar. As provas estão previstas para acontecer no dia 7 julho, ou seja, em cerca de 3 meses. Esse prazo permite que você tenha uma boa preparação se adotar uma rotina intensiva de estudos. Para te ajudar, o Ache Concursos tem três dicas. Confira:

1. Organize-se

A nossa primeira dica é: monte um cronograma de estudos de acordo com a sua disponibilidade de tempo. Se você só tem os fins de semana e as noites para estudar, por exemplo, foque na legislação e naqueles conteúdos que você tem mais dificuldade. Se você tem uma rotina mais livre, então procure contemplar o máximo possível de conteúdos, deixando um pouco mais de tempo também para a legislação e para aquela área que você sabe menos.

Além disso, é importante que seu cronograma contemple períodos - um por semana, talvez - para a realização de provas e simulados. Essa é uma das melhores formas de verificar onde estão suas deficiências, para que se possa focar nelas. Também é uma forma de ver se o seu formato de estudo está funcionando, se você está evoluindo nos seus conhecimentos, etc. E claro, é uma das melhores formas de se preparar para a prova efetivamente, para o tempo que você terá para resolver todas as questões postas, para treinar o seu psicológico, etc.

Confira mais dicas para montar um bom cronograma.

2. Conheça a banca

A banca responsável pela realização desse concurso é a Fundação Carlos Chagas. Essa é uma das mais importantes entidades organizadoras do país. Entre os certames já realizados por ela estão os do Tribunal Superior do Trabalho, dos Tribunais Regionais Federais e dos Tribunais Regionais Eleitorais, além de diversos de Tribunais Regionais do Trabalho, Caixa Econômica Federal, entre muitos outros. Essa é tida como uma das bancas mais sérias.

Ao estudar para ela, é preciso ter em mente que suas provas são sempre compostas por questões de múltipla escolha de cinco alternativas, nas quais identifica-se o item correto ou o item errado, de acordo com o que é pedido no comando da questão. E é preciso estar atento, pois a FCC costuma pedir mais do que as outras bancas para que se aponte a ALTERNATIVA ERRADA. É preciso ler muito bem o enunciado.

Para se sair bem nas provas da FCC, além de estudar bem o conteúdo programático, em algumas áreas, é muito importante que se faça as provas anteriores dessa banca. Esse é o caso por exemplo, da Informática. A banca costuma mudar muito pouco o conteúdo dessa área (cerca de 10% apenas) e, de uma forma geral, costuma repetir muitas questões já aplicadas em outras provas. Então fica mais fácil, né?! Ah, e isso também vale para as questões de Matemática e de Raciocínio Lógico.

Já no que se refere aos conhecimentos específicos, como a legislação, a FCC é considerada como a banca Copia e Cola, porque costuma cobrar a literalidade da lei e dos códigos. Então, o melhor é decorar. Decore tudo o que puder em relação à legislação porque é característica dessa banca tentar confundir o candidato.

Saiba mais sobre a FCC.

3. Ajuda a sua memória

A nossa memória é incrível, no entanto, no caso de uma rotina muito intensa de estudos, ela vai precisar ser EFICIENTE para que possa ajudá-lo na hora da prova. Por isso, é importante que você se conheça e saiba qual é sua forma mais produtiva de estudos. Para algumas pessoas, a memória é mais auditiva e por isso, assistir vídeo aulas ou ler em voz alta pode ajudar. Para outros, a memória é visual e nesses casos, fazer anotações e copiar trechos importantes é que funcionará.

Outra coisa que devemos saber é que a construção do nosso conhecimento se dá como a construção de uma corrente. Elo por elo. Para que a gente aprenda algo de verdade, é muito importante que consigamos unir aquilo que estamos lendo e estudando, a conhecimentos que já temos. Ou seja, se você está tentando aprender algo novo, você precisa tentar associar esses novos aprendizados a saberes prévios. Você estará criando um novo elo em uma corrente já existente. Assim você aprende. Do contrário, você só cria um elo solto, que em breve vai se perder, vai ser esquecido. Compreende?

A atenção e o foco também são essenciais. A ideia de que a gente consegue fazer várias coisas ao mesmo tempo só é válida para aquilo que nós já sabemos, já conhecemos. Nunca para aprender coisas novas. Portanto, nos seus horários de estudos, concentre-se em fazer apenas isso. Procure um lugar silencioso, limpo e organizado, desligue aparelhos eletrônicos ou silencie-os, procure tirar da sua volta tudo aquilo que pode desviar sua atenção. Mantenha sua mente apenas nos estudos. Isso é essencial.

Outra dica importante é que as nossas memórias ficam mais fortes na medida em que são revisitadas. Quem nos diz isso é a neurociência. As nossas memórias se formam a partir da união de neurônios - as chamadas sinapses. Cada vez que você acessa novamente aquela memória, você estará reforçando aquela sinapse. Portanto, as memórias mais utilizadas, possuem sinapses mais fortes e por isso são mais facilmente acessadas. Revisar o conteúdo, reler e tentar repetir sem estar lendo é muito importante.

Dica extra sobre a memória: você sabia que o peso emocional modula a nossa memória? A gente fixa mais ou menos um memória de acordo com o peso emocional dela, ou seja, a gente tem mais facilidade de se lembrar de algo emocionalmente importante para nós. Então, uma dica que pode parecer estranha, mas que pode te ajudar, é tentar colocar um peso emocional em um conteúdo que você está tendo dificuldades. Você não vai conseguir fazer isso com todo o conteúdo, é claro, mas pode ser útil, por exemplo, com aquela legislação que você não consegue memorizar. Tente associá-la (criar um elo novo em uma corrente) a algo ou alguém importante pra você. Fica a dica.

As provas

O concurso terá uma prova objetiva com 60 questões de língua portuguesa, matemática e raciocínio lógico-matemático, noções de informática, direito constitucional, direito administrativo, código de trânsito brasileiro completo e resoluções do conselho nacional de trânsito, além de uma prova discursiva (redação). Os candidatos terão 4h30min para fazê-la. Veja como serão as provas para cada um dos cargos:

- Agente Estadual de Trânsito

Conhecimentos Gerais - 20 questões e peso 1, sendo:
Língua Portuguesa - 8 questões
Matemática e Raciocínio Lógico-Matemático - 3 questões
Noções de Informática - 3 questões
Direito Constitucional - 3 questões
Direito Administrativo - 3 questões

Conhecimentos Específicos - 40 questões e peso 3 por questão, sendo:
Código de Trânsito Brasileiro completo - 25 questões
Resoluções do Conselho Nacional de Trânsito -15 questões

- Oficial Estadual de Trânsito

Conhecimentos Gerais - 40 questões e peso 1, sendo:
Língua Portuguesa - 20 questões
Matemática e Raciocínio Lógico-Matemático - 5 questões
Noções de Informática - 5 questões
Noções de Direito Constitucional - 5 questões
Noções de Direito Administrativo - 5 questões

Conhecimentos Específicos - 20 questões e peso 3 por questão, sendo:
Código de Trânsito Brasileiro completo - 12 questões
Resoluções do Conselho Nacional de Trânsito - 8 questões

A prova discursiva, para ambos os cargos, terá peso 2. No entanto, só terão a prova discursiva corrigida, aqueles candidatos que alcançarem um aproveitamento mínimo de 60% na prova objetiva e não zerarem nenhuma das disciplinas. Também é necessário que se classifiquem entre os primeiros 2 mil candidatos (10 vezes o número de vagas previstas no edital).

Os gabaritos provisórios das provas serão informados no site da Fundação Carlos Chagas, a partir das 17h do dia 08 de julho e os gabaritos definitivos devem ser divulgados no dia 28 de agosto. O concurso público terá validade de dois anos após a homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período, a critério do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo.

O conteúdo programático completo das provas pode ser conferido no edital do concurso.

Concursos próximos indicados para você
ConcursoInscrições atéN° VagasSalários até
Concurso TRF4: Veja as provas anteriores e dicas de preparaçãoNível: Médio, Técnico, Superior26/06/2019Cadastro ReservaR$ 12.455,30
Concurso Marinha Mercante 2019: Sai edital com 180 vagas para OficiaisNível: Médio16/06/2019180
Concurso CREFONO-9: Sai edital para nível médio e superiorNível: Médio, Superior17/06/2019110R$ 3.679,54
Concurso CONFERE 2019: Edital é divulgadoNível: Médio, Superior21/06/20198R$ 5.635,00
ACHE SEU CONCURSO
Quer encontrar um concurso público específico?

Nossa busca vai te ajudar a encontrá-lo, basta você preencher alguns campos e pronto.

Buscar concursos
Últimas notícias
Comentários
Carregar comentários
Siga nossas redes sociais