DATAPREV vai liberar o último lote do Auxílio Emergencial até 10 de julho

Últimos pedidos feitos do Auxílio Emergencial serão repassados à Caixa até o final desta semana. Prazo para solicitar o benefício terminou em 2 de julho.

Por Caroline Fagundes Pieczarka

Foi encerrado na última quinta-feira (2) o período de solicitação do Auxílio Emergencial e agora muitos brasileiros aguardam para saber se o seu cadastro foi aprovado para receber o benefício. A boa notícia é que até o final desta semana essa resposta deve chegar. A Dataprev, empresa responsável por analisar os dados junto com o Ministério da Cidadania e considerar o cidadão apto ou não a receber a ajuda de R$ 600,00 informou que a previsão é enviar à Caixa as últimas solicitações.

Dataprev diz que ainda há 2 milhões em análise

Este último lote de cadastros é composto por 2,2 milhões de requerimentos realizados entre os dias 17 de junho e 02 de julho pelo aplicativo Caixa Auxílio Emergencial e pelo site auxilio.caixa.gov.br. De acordo com a empresa, os pedidos já estão sendo homologados pelo Ministério da Cidadania, que deve indicar quantos brasileiros foram aprovados para receber o benefício nesta última leva.

A Dataprev informou ainda que na sexta-feira passada, dia 3 de julho, foram repassados mais de 300 mil requerimentos que passavam por processamento adicional à Caixa que já está apta a pagar a 1ª parcela. Ainda não se sabe quando o banco irá realizar o primeiro pagamento a estes grupos, mas o dinheiro deve ser creditado da mesma forma que ocorreram os pagamentos anteriores, primeiro em poupança digital e depois liberado para saque e transferência.

Mais da metade dos brasileiros foi beneficiada

Conforme dados atualizados pela Dataprev o Auxílio Emergencial beneficiou, direta ou indiretamente, cerca de 124,2 milhões de brasileiros. O número engloba os 65,4 milhões de cidadãos elegíveis e os membros de suas famílias. As 58,8 milhões de pessoas que foram alcançadas pelo auxílio emergencial de forma indireta estão distribuídas da seguinte forma:

  • 34,9 milhões consideradas inelegíveis - sendo 70% menores de idade, ou seja 24,4 milhões;
  • 220,7 mil com o pedido inconclusivo;
  • 23,7 milhões indicadas pelos requerentes beneficiados (Informais), mas que não solicitaram recursos.

Até o momento a Caixa creditou R$ 121,1 bilhões para 65,2 milhões de beneficiários elegíveis. Desde o início do Auxílio Emergencial, em 9 de abril, o banco já realizou 173,5 milhões de pagamentos da 1ª, 2ª e 3ª parcelas.

Segundo a Caixa, mais de 107,8 milhões de cadastros foram processados, resultando nos seguintes números:

  • Bolsa Família - 19,9 milhões processados e 19,2 milhões considerados elegíveis;
  • Cadastro Único - 32,1 milhões processados e 10,5 milhões considerados elegíveis;
  • App e site - 55,8 milhões processados e 35,7 milhões considerados elegíveis.

Para consultar em que situação está o seu pedido, você pode acessar os seguintes sites:

Ao acessar o portal, o cidadão poderá visualizar o detalhamento dos pedidos, tais como: resultados, datas de recebimento e envio dos dados pela Caixa à Dataprev e vice-versa, além da motivação da negativa do benefício. A análise da segunda solicitação também poderá ser conferida no site. Segundo a Dataprev, o objetivo da nova ferramenta é "dar transparência ao procedimento de análise, processamento, homologação e pagamento do benefício".

A Dataprev divulgou ainda um tutorial com um passo a passo de como funciona a ferramenta de consulta.

Auxílio foi prorrogado até agosto

O presidente Jair Bolsonaro já publicou o decreto que prorroga o auxílio emergencial por mais dois meses. A 4ª e a 5ª parcelas terão o mesmo valor de R$ 600 e serão pagas nos meses de julho e agosto. Ainda não foi informado em que datas serão realizados os novos pagamentos e se eles seguirão os moldes da 2ª e 3ª parcela, com um calendário para crédito em conta e outro para saque em espécie.

Na cerimônia que oficializou a prorrogação do benefício o ministro Paulo Guedes anunciou que o pagamento poderá ser dividido em quatro depósitos - de R$ 500 no início de julho e R$ 100 no fim de julho e mais R$ 300 no início do mês de agosto e de R$ 300 no fim de agosto. No entanto, o decreto assinado por Bolsonaro em 30 de junho não informa se esta estratégia será adotada.

O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, disse que ainda falta acertar o formato em que serão feitos os depósitos. "O que está em discussão é o cronograma. Serão R$ 600 pagos no mês. Como serão pagos? Se por depósito na conta digital, se serão um ou dois depósitos no mês, é exatamente isso que falta anunciar, no detalhe", afirmou Guimarães.

Concursos próximos indicados para você
ConcursoInscrições atéN° VagasSalários até
Processo Seletivo Departamento de Engenharia e Construção do Exército 2020Nível: Médio, Técnico, Superior12/08/202019R$ 10.887,56
Concurso IME Exército 2020: Saem editais para EngenheirosNível: Médio18/08/202098R$ 8.245,00
Concurso Aeronáutica 2020: Sai edital com 289 vagas para SargentosNível: Médio26/08/2020289R$ 3.825,00
Concurso IME 2020: Sai edital para Engenheiros formadosNível: Superior01/09/20206R$ 8.245,00
Comentários
Carregar comentários
Siga nossas redes sociais