Qual carreira escolher ao iniciar os estudos para concursos?

A maioria dos concurseiros antes ou durante os estudos se depara com a seguinte dúvida: qual carreira escolher para iniciar os meus estudos? Nesse artigo vamos abordar as peculiaridades de cada área.

Por Mateus Nunes de Paula

São muitas áreas para escolha. Diversos órgãos e muitas siglas que as vezes nos confundem para realmente saber para qual concurso se preparar. São várias chances de carreira, remuneração, cargas horárias e tipo de trabalho. A primeira questão para quem quer começar a estudar para concursos é verificar as disciplinas comuns que são abordadas em cada tipo de prova (cada área tem uma maneira específica de cair em prova), como é o regime de trabalho (CLT ou Estatutário), como é o dia a dia dos servidores daquele cargo, qualidade de vida no trabalho, local de trabalho e assim por diante. Com isso em mente, vamos mencionar algumas características básicas de cada área para que você tenha uma boa base na hora de definir qual área realmente seguir.

É o seu primeiro concurso? Entenda como ocorrem as seleções

Carreira bancária

- Existem concursos bancários regionais e nacionais

- De modo geral é regido pela CLT, portanto trata-se de um Emprego Público

- Benefícios e vantagens ($): remuneração atrativa, vale refeição/alimentação, Participação nos Lucros e Resultados (PLR), plano de saúde e odontológico, Auxílio educação ou creche, 14º salário (os benefícios variam de banco pra banco)

  • Todos os direitos trabalhistas assegurados;
  • Exige nível médio completo (a grande maioria dos cargos);
  • Muitas vagas e nomeados além das vagas iniciais;
  • As matérias cobradas são praticamente as mesmas de outros concursos bancários (facilita para quem escolhe essa carreira);
  • Bancos Nacionais: Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal , Banco Central - BACEN;
  • Bancos Regionais: BRB, Banrisul, BNB, BRDE, BASA e outros bancos estaduais;
  • Outros: CVM, Tesouro Nacional, BNDES;
  • As remunerações iniciais para quem entra não baixa de R$ 2.000,00 (fora os demais benefícios)

Como são as provas

Conhecimentos Gerais: Português, Inglês (alguns Bancos),Matemática Financeira, Raciocínio Lógico e Matemático (RLM), Informática , Atualidades Gerais ou do Mercado Financeiro.

Conhecimentos Específicos: Conhecimentos Bancários (matéria principal), Atendimento, Técnica de Vendas e Ética (Marketing, Código de Defesa do Consumidor, Resoluções do BACEN?), Legislação Específica (Bolsa Família, FGTS, PIS, Ouvidoria, Estatuto, etc).

5 motivos para prestar concursos em Bancos

Carreiras Fiscais

  • Podem atuar em todos os entes. Há fisco Municipal, Estadual, Distrital e da União;
  • Existe uma gama boa de cargos dentro da área fiscal, desde Técnico a Auditor Fiscal;
  • A maioria é para profissionais de nível superior, mas há oportunidades também de nível médio;
  • Não exige superior em uma área específica, em geral pedem qualquer curso de graduação;
  • Editais com conteúdos similares
  • Altas remunerações: variam de R$ 4 mil a R$ 20 mil reais, além de outros benefícios
  • Servidores regidos por Estatuto.

O que geralmente cai em prova: Português, Matemática Financeira, Raciocínio Lógico, Estatística, Direito Tributário, Direito Constitucional, Direito Administrativo , Contabilidade (geral e/ou pública), Auditoria (cargos de Auditor Fiscal)

Órgãos e entes: Receita Federal, Sefaz (estados), ISS (municípios), AFT

Concursos da área fiscal exigem preparação antecipada; veja como sair na frente

Carreiras Policiais

  • Pode ser de nível Federal ou Estadual;
  • Remunerações variam de R$ 2.000,00 a R$ 15.000,00 (a depender da função);
  • Abrem centenas e até milhares de vagas por edital e são muitos nomeados, além das vagas previstas;
  • Núcleo de disciplinas parecido;
  • Cargas horárias variadas: alguns são 40h semanais e outros com regime de escala;
  • Em geral pedem nível médio, alguns apenas superior em qualquer área ou graduação em direito (há cargos específicos que exigem graduações mais específicas, a exemplo, Perito);
  • Servidores regidos por Estatuto;
  • Cargos/carreiras: Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Policia Legislativa (Senado ou Câmara dos Deputados), Polícia Civil.

- Etapas: prova objetiva e discursiva, exame de capacidade física, avaliação de saúde, avaliação psicológica, avaliação de títulos e investigação social e por último o Curso de Formação Profissional (varia de meses a anos, a depender do órgão ou cargo).

- Disciplinas: Língua Portuguesa, Redação, discursiva e/ou estudo de caso, Matemática e Raciocínio Lógico, Informática, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Penal, Direito Processual Penal, Legislação Especial, Legislação de Trânsito, Contabilidade, Noções de Física, Estatística, Atualidades.

Carreiras Legislativas

  • Federal, Estadual ou Municipal
  • Remunerações variam de R$ 2.000,00 a R$ 28.000,00;
  • Não se limitam a cargos de nível superior, existem muitas oportunidades para nível médio;
  • As carreiras de nível superior não se limitam a uma formação específica, existem várias áreas;
  • Geralmente nomeiam além do número de vagas estabelecido;
  • Regimes Estatutário;
  • Órgão e entes: Assembleias Legislativas (estaduais), Senado Federal, Câmara de Deputados, Câmaras Municipais.

Disciplinas cobradas nas provas: Português, Regimentos (comum/interno), Direito Administrativo, Direito Constitucional, Orçamento Público, Atualidades, Informática, Processo Lesgislativo, Redação ou estudo de caso, Conhecimentos específicos inerentes aos cargos (o Senado, por exemplo, oferece cargos de Técnico e Analista Legislativo para área de Administração, contabilidade, arquivologia... Nisso, há matérias especificas dessas áreas) 

Carreiras de Tribunais

  • Tem as de nível Federal e Estadual;
  • Remunerações que variam de R$ 3.000,00 a R$ 13.000,00 (cargos de técnicos e analistas), além dos benefícios (auxílio alimentação ou refeição, auxílio creche, saúde);
  • Nível Médio e Superior (diversas áreas, não só em direito);
  • Servidores regidos por Estatuto;
  • Geralmente nomeiam além do número inicial de vagas;
  • Órgãos: TJ (estados e DF), TRTs, TREs, TST, STM, STJ, STF, TSE, TRFs (federais).

Disciplinas comuns cobradas nos concursos da área: Português, Redação ou Estudo de caso, Matemática e /ou informática (tem vezes que não cai), Direito Constitucional, Direito Administrativo, Lei específicas dos servidores (lei 8.112 se for federal ou estatuto dos servidores ou lei estadual se for TJ).

Conhecimentos específicos dos cargos: Direito e processo do trabalho, Eleitoral, Administração, contabilidade, Orçamento Público, Tributário...a depender da área. 

Essas carreiras listadas são em geral para os concursos considerados maiores. Existem ainda outras carreiras mais específicas, que abrem menos vagas, como:

Controle: TCU, TCE, TCM (SP e RJ)

Cartórios: outorga de delegação de serviços notariais e de resgistros públicos

Ministérios públicos: MPE, MPU

Carreiras Jurídicas: Magistratura, Defensoria Pública, Procuradorias

Executivo: Prefeituras, ABIN, Correios, INSS, Ministérios, Petrobrás, Empresas públicas federais (Ebserh, SERPRO)

Carreira diplomática: Inicia com o posto de Terceiro Secretário

Agências Reguladoras: Anatel, Anvisa, ANAC

Ensino: Professores universitários, estaduais e municipais

Resumindo, existem diversas áreas para serem escolhidas, mas a escolha deve ir muito além da remuneração. Verifique se você tem vocação para o cargo, afinidade com as atribuições, a qualidade de vida e também o possível local do trabalho. Ainda, acompanhe nossas notícias diárias sobre previsões e concursos que estão abertos e nossos artigos com dicas de estudo.

Confira a guia completa de Concursos abertos no Brasil

Concursos próximos indicados para você
ConcursoInscrições atéN° VagasSalários até
ACHE SEU CONCURSO
Quer encontrar um concurso público específico?

Nossa busca vai te ajudar a encontrá-lo, basta você preencher alguns campos e pronto.

Buscar concursos
Últimas notícias
Comentários
Minha foto
    Siga nossas redes sociais