Milhões de famílias vão receber a partir da próxima terça-feira, 09, a parcela de agosto do Auxílio Brasil. A partir deste mês o tícket mensal do programa terá aumento de R$ 200, passando para o valor mínimo de R$ 600 por família até o fim do ano.

Além do novo valor, o governo planeja incluir já nesta próxima folha de pagamento cerca de 2 milhões de famílias no Auxílio Brasil. O objetivo é zerar a fila de espera do programa com o orçamento de R$ 26 bilhões liberado após a aprovação da PEC do estado de emergência.

Com a previsão que o público alcançado pelo programa chegue a quase 20 milhões muitas famílias estão procurando informações para saber se farão parte desse grupo de novos aprovados. Entenda neste post quem terá direito ao novo Auxílio Brasil de R$ 600, como fazer a consulta do benefício e veja as datas completas de pagamento até o fim do ano.

Como saber se vou receber o Auxílio Brasil

É importante lembrar que a seleção das famílias continua seguindo os critérios de elegibilidade do programa. Por isso, para receber o Auxílio Brasil a família precisa estar inscrita no Cadastro Único, estar com os dados atualizados nos últimos dois anos e se enquadrar nas faixas de renda do programa, que são:

  • Família em situação de extrema pobreza: renda mensal por pessoa de até R$ 105;
  • Família em situação de pobreza: renda mensal por pessoa entre R$ 105,01 e R$ 210.

O Ministério da Cidadania em conjunto com a Dataprev realiza mensalmente a checagem dos cadastros que formam o público do programa. Essa análise serve para verificar se as famílias aprovadas para receber o benefício continuam cumprindo com os requisitos previstos em lei para participar do programa.

Além dos critérios acima, cada família deve cumprir as condicionalidades do Auxílio Brasil para não perder o benefício.

Caso não esteja mais preenchendo os critérios necessários, a família deixa compor a próxima folha de pagamento e novos beneficiários ingressam no programa conforme a disponibilidade orçamentária.

Agora, com abertura de crédito extraordinário de R$ 26 bilhões para aumentar o valor e zerar a fila de espera do programa, o governo planeja incluir quase 2 milhões de novas famílias a partir de agosto.

Para saber se a sua família fará parte desta nova leva de aprovados no Auxílio Brasil o integrante poderá fazer a consulta pelo aplicativo do programa. Basta fazer o login no app do Auxílio Brasil com CPF e senha para verificar a situação do benefício, o valor da parcela aprovada e o calendário de pagamento.

O app do Auxílio Brasil ainda exibe diversas situações em que a parcela pode estar liberada, bloqueada, cancelada, entre outras. Veja o que cada uma significa:

  • Parcela liberada (ícone verde): significa que a parcela está disponível para saque a partir da data indicada no calendário de pagamento, conforme o dígito final do NIS;
  • Parcela bloqueada (ícone amarelo): para saber mais informações é preciso buscar atendimento no órgão gestor do Auxílio Brasil no seu município;
  • Parcela cancelada (ícone vermelho): para saber mais informações é preciso buscar atendimento no órgão gestor do Auxílio Brasil no seu município;
  • Parcela paga (ícone cinza): indica que o pagamento mais recente já foi creditado na conta e o próximo depósito pode ser consultado no calendário;
  • Parcela pendente (ícone azul): parcela pendente decorrente de saque sem a finalização da transação em razão de falha sistêmica. Para mais informações procura uma agência da Caixa.

Auxílio Brasil de R$ 600 terá quantas parcelas?

Como informamos, o novo valor do Auxílio Brasil será pago de forma temporária até o final deste ano. Portanto, o governo planeja liberar cinco parcelas mensais de R$ 600 entre agosto e dezembro de 2022.

Os beneficiários já podem consultar as datas completas de depósitos do Auxílio Brasil em 2022. Apesar da primeira parcela (agosto) ter sido antecipada, o Ministério da Cidadania não confirmou a antecipação dos depósitos para os próximos meses.

Dessa forma, nos meses de setembro, outubro, novembro e dezembro as famílias devem receber conforme o calendário original do programa. Veja abaixo as datas do Auxílio Brasil de R$ 600 até o fim do ano:

Calendário do Auxílio Brasil em agosto

  • 9 de agosto: depósito do benefício para inscritos com NIS final 1;
  • 10 de agosto: depósito do benefício para inscritos com NIS final 2;
  • 11 de agosto: depósito do benefício para inscritos com NIS final 3;
  • 12 de agosto: depósito do benefício para inscritos com NIS final 4;
  • 15 de agosto: depósito do benefício para inscritos com NIS final 5;
  • 16 de agosto: depósito do benefício para inscritos com NIS final 6;
  • 17 de agosto: depósito do benefício para inscritos com NIS final 7;
  • 18 de agosto: depósito do benefício para inscritos com NIS final 8;
  • 19 de agosto: depósito do benefício para inscritos com NIS final 9;
  • 22 de agosto: depósito do benefício para inscritos com NIS final 0;

Calendário do Auxílio Brasil em setembro

  • 19 de setembro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 1;
  • 20 de setembro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 2;
  • 21 de setembro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 3;
  • 22 de setembro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 4;
  • 23 de setembro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 5;
  • 26 de setembro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 6;
  • 27 de setembro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 7;
  • 28 de setembro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 8;
  • 29 de setembro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 9;
  • 30 de setembro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 0;

Calendário do Auxílio Brasil em outubro

  • 18 de outubro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 1;
  • 19 de outubro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 2;
  • 20 de outubro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 3;
  • 21 de outubro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 4;
  • 24 de outubro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 5;
  • 25 de outubro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 6;
  • 26 de outubro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 7;
  • 27 de outubro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 8;
  • 28 de outubro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 9;
  • 31 de outubro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 0;

Calendário do Auxílio Brasil em novembro

  • 17 de novembro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 1;
  • 18 de novembro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 2;
  • 21 de novembro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 3;
  • 22 de novembro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 4;
  • 23 de novembro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 5;
  • 24 de novembro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 6;
  • 25 de novembro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 7;
  • 28 de novembro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 8;
  • 29 de novembro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 9;
  • 30 de novembro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 0;

Calendário do Auxílio Brasil em dezembro

  • 12 de dezembro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 1;
  • 13 de dezembro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 2;
  • 14 de dezembro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 3;
  • 15 de dezembro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 4;
  • 16 de dezembro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 5;
  • 19 de dezembro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 6;
  • 20 de dezembro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 7;
  • 21 de dezembro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 8;
  • 22 de dezembro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 9;
  • 23 de dezembro: depósito do benefício para inscritos com NIS final 0;