A Caixa Econômica Federal concluiu o pagamento da 1ª parcela do Auxílio Emergencial 2021 para trabalhadores informais, desempregados, microempreendedores individuais, inscritos no Cadastro Único e beneficiários do Bolsa Família. Assim como nos pagamentos anteriores, o calendário do novo auxílio foi elaborado com datas para o crédito em conta poupança digital no Caixa Tem e outro cronograma com datas para o saque em espécie e transferência do dinheiro.

O ciclo 1 de pagamento prevê o depósito da 1ª parcela para mais de 40 milhões de brasileiros entre os dias 06 e 30 de abril. O calendário para saque deste grupo foi antecipado - veja abaixo. Para o grupo do Bolsa Família o pagamento ocorreu seguindo o calendário próprio do programa entre 16 e 30 de abril.

Para o restante dos beneficiários a ordem dos depósitos vai seguir conforme o mês de nascimento do beneficiário, iniciando pelos nascidos em janeiro e finalizando por quem nasceu em dezembro. O Auxílio 2021 será pago para quem recebeu o benefício no ano passado e em dezembro de 2020 foi considerado aprovado para receber o auxílio original ou a extensão.

Auxílio Emergencial 2021 tem 3 valores

O calendário divulgado pelo Ministério da Cidadania já informa a data de todas as parcelas que serão pagas em 2021. Nesta nova fase o governo irá pagar 4 parcelas entre abril e julho com valores entre R$ 150 e R$ 375, conforme a unidade familiar do beneficiário. Veja qual será o valor para cada grupo:

  • Auxílio Emergencial de R$ 250 para casais com ou sem filhos;
  • Auxílio Emergencial de R$ 150 para pessoas que moram sozinhas (família unipessoal);
  • Auxílio Emergencial de R$ 375 para mulheres chefes de família (famílias monoparentais).

Confira abaixo o calendário das parcelas do auxílio 2021 conforme o mês de nascimento de cada beneficiário ou navegue pelo índice acima para consultar um grupo específico:

Calendário do auxílio 2021 para nascidos em janeiro

Parcela Crédito em conta digital Saque em espécie
1ª parcela 06 de abril 30 de abril
2ª parcela 16 de maio 08 de junho
3ª parcela 20 de junho 13 de julho
4ª parcela 23 de julho 13 de agosto

Calendário do auxílio 2021 para nascidos em fevereiro

Parcela Crédito em conta digital Saque em espécie
1ª parcela 09 de abril 03 de maio
2ª parcela 19 de maio 10 de junho
3ª parcela 23 de junho 15 de julho
4ª parcela 25 de julho 17 de agosto

Calendário do auxílio 2021 para nascidos em março

Parcela Crédito em conta digital Saque em espécie
1ª parcela 11 de abril 04 de maio
2ª parcela 23 de maio 15 de junho
3ª parcela 25 de junho 16 de julho
4ª parcela 28 de julho 19 de agosto

Calendário do auxílio 2021 para nascidos em abril

Parcela Crédito em conta digital Saque em espécie
1ª parcela 13 de abril 05 de maio
2ª parcela 26 de maio 17 de junho
3ª parcela 27 de junho 20 de julho
4ª parcela 01 de agosto 23 de agosto

Calendário do auxílio 2021 para nascidos em maio

Parcela Crédito em conta digital Saque em espécie
1ª parcela 15 de abril 06 de maio
2ª parcela 28 de maio 18 de junho
3ª parcela 30 de junho 22 de julho
4ª parcela 03 de agosto 25 de agosto

Calendário do auxílio 2021 para nascidos em junho

Parcela Crédito em conta digital Saque em espécie
1ª parcela 18 de abril 07 de maio
2ª parcela 30 de maio 22 de junho
3ª parcela 04 de julho 27 de julho
4ª parcela 05 de agosto 27 de agosto

Calendário do auxílio 2021 para nascidos em julho

Parcela Crédito em conta digital Saque em espécie
1ª parcela 20 de abril 10 de maio
2ª parcela 02 de junho 24 de junho
3ª parcela 06 de julho 29 de julho
4ª parcela 08 de agosto 30 de agosto

Calendário do auxílio 2021 para nascidos em agosto

Parcela Crédito em conta digital Saque em espécie
1ª parcela 22 de abril 11 de maio
2ª parcela 06 de junho 29 de junho
3ª parcela 09 de julho 30 de julho
4ª parcela 11 de agosto 01 de setembro

Calendário do auxílio 2021 para nascidos em setembro

Parcela Crédito em conta digital Saque em espécie
1ª parcela 25 de abril 12 de maio
2ª parcela 09 de junho 01 de julho
3ª parcela 11 de julho 04 de agosto
4ª parcela 15 de agosto 03 de setembro

Calendário do auxílio 2021 para nascidos em outubro

Parcela Crédito em conta digital Saque em espécie
1ª parcela 27 de abril 13 de maio
2ª parcela 11 de junho 02 de julho
3ª parcela 14 de julho 06 de agosto
4ª parcela 18 de agosto 06 de setembro

Calendário do auxílio 2021 para nascidos em novembro

Parcela Crédito em conta digital Saque em espécie
1ª parcela 28 de abril 14 de maio
2ª parcela 13 de junho 05 de julho
3ª parcela 18 de julho 10 de agosto
4ª parcela 20 de agosto 08 de setembro

Calendário do auxílio 2021 para nascidos em dezembro

Parcela Crédito em conta digital Saque em espécie
1ª parcela 29 de abril 17 de maio
2ª parcela 16 de junho 08 de julho
3ª parcela 21 de julho 12 de agosto
4ª parcela 22 de agosto 10 de setembro

Como transferir o Auxílio Emergencial antes da data

Mesmo com o espaçamento tão grande entre os dois calendários, os beneficiários que vão receber o crédito do Auxílio Emergencial não precisam aguardar quase um mês para ter o dinheiro em mãos.

Isso porque nos pagamentos anteriores os beneficiários descobriram como transferir e até mesmo sacar as parcelas antes da data. A técnica já foi realizada no ano passado e é uma forma simples de ter acesso ao dinheiro, basta ter uma conta em banco digital.

Utilizando a conta em banco digital o usuário pode fazer um depósito por boleto, que consiste em gerar um boleto pelo aplicativo do banco digital que poderá ser pago pela Poupança Social Digital no aplicativo Caixa Tem. Diversos bancos digitais como Nubank, Banco Inter, Original, BS2 e C6 oferecem esse tipo de serviço e na maioria deles é feito sem cobrança de tarifa.

Depois de pago, o boleto é compensado em até 2 dias o dinheiro estará na sua conta. Aí, você poderá sacá-lo nos caixas 24h (dependendo do banco há tarifas) ou ainda transferí-lo para uma conta em algum outro banco físico e sacar os valores.

- Veja como antecipar o saque do Auxílio Emergencial gerando boleto bancário

Outra forma de antecipar o acesso ao valor é por meio de transferência para contas do PicPay, Mercado Pago ou PagBank. Basta criar um Cartão de Débito Virtual da sua poupança digital (onde você recebeu o auxílio emergencial) e ter uma conta em alguma fintech de carteira digital (PicPay, Mercado Pago ou PagBank).

- Confira o passo a passo para transferir o Auxílio para o Mercado Pago ou PicPay