Vai começar em fevereiro o pagamento do calendário do abono Pis/Pasep 2022. A Caixa Econômica Federal vai liberar a partir do dia 8 os novos pagamentos do abono salarial já conhecido dos brasileiros. Vai receber o PIS/PASEP agora quem trabalhou com carteira assinada em 2020 e recebeu até 2 salários mínimos.

Após o Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat) aprovar o calendário, o presidente da Caixa Pedro Guimarães e o Ministro do Trabalho, Onyx Lorenzoni, divulgaram o calendário oficial na segunda, 10. Serão mais de 22 milhões de trabalhadores que terão direito ao abono salarial referente ao ano-base 2020, ou seja, o benefício será pago para quem trabalhou com carteira assinada ao longo de 2020. Serão liberados R$ 19,5 bilhões aos trabalhadores.

No ano passado o governo não pagou o abono e esse valor ficou retido após decisão do Codefat. Agora, a tabela mudou e a previsão é pagar todos os beneficiários até março de 2022 (calendário 2020). A previsão inicial era liberar o abono todos os meses conforme o mês de aniversário. O governo adiantou que fará o pagamento do abono referente a 2021 somente em 2023.

Calendário do Pis 2022 começa em fevereiro

De acordo com o calendário proposto pelo governo, o pagamento do Pis vai iniciar no dia 8 de fevereiro para os nascidos em janeiro e seguir até 31 de março quando o dinheiro será depositado para nascidos em dezembro. Quem mora nas cidades que decretaram estado de calamidade pública em virtude das fortes chuvas nos estados de Minas Gerais e Bahia receberá o PIS/PASEP no dia 8 de fevereiro, independentemente do mês de aniversário.

Já quem é do grupo do PASEP (servidores públicos) começa a receber em 15 de fevereiro, com depósitos concluídos até 24 de março.

Há prazo para sacar o abono Pis/Pasep e ele vai até 29 de dezembro de 2022 para todos os grupos. Quem não sacar, não perderá o valor, que ficará acumulado para a próxima liberação a ser divulgada pelo governo no ano que vem.

Confira o novo calendário do Pis/Pasep em 2022 que terá depósitos de fevereiro a março de 2022 para todos os grupos. Os pagamentos seguirão o mês de nascimento do beneficiário. Veja os dois calendários:

Mês de nascimento Data de pagamento do Pis 2022
Janeiro 08 de fevereiro
Fevereiro 10 de fevereiro
Março 15 de fevereiro
Abril 17 de fevereiro
Maio 22 de fevereiro
Junho 24 de fevereiro
Julho 15 de março
Agosto 17 de março
Setembro 22 de março
Outubro 24 de março
Novembro 29 de março
Dezembro 31 de março
Número final da inscrição Data de pagamento do Pasep 2022
0 15 de fevereiro
1 15 de fevereiro
2 17 de fevereiro
3 17 de fevereiro
4 22 de fevereiro
5 24 de fevereiro
6 15 de março
7 17 de março
8 22 de março
9 24 de março

Como fazer a consulta do Pis pelo CPF

Há uma forma de saber se você irá receber o valor. Para fazer a consulta o trabalhador deve acessar o site da Caixa Econômica Federal, onde há a opção consultar o Pis pelo CPF ou número do NIS. Alguns usuários relataram problemas ao acessar o site, pois alegam não conseguir ter acesso ao extrato do PIS.

Outra forma de consultar o Pis/Pasep é pelo aplicativo Caixa Trabalhador. A ferramenta que também permite acessar informações sobre seguro-desemprego e INSS está disponível para celulares Android [veja aqui] e também para iPhones (iOS) [baixe aqui].

Mas há ainda outra forma de consulta que vem funcionando com mais frequência para ter acesso ao saldo do PIS. É por meio do aplicativo da Carteira de Trabalho Digital, disponível para celulares Android e também iOS.

Após baixar o app e entrar na conta, é só acessar a guia 'benefícios' no rodapé. O governo disse que irá disponibilizar todas as informações sobre os valores no app a partir de 1º de fevereiro. Veja:

CTPS Digital traz extrato do PIS - Foto: Divulgação
CTPS Digital traz extrato do PIS - Foto: Divulgação

Abono Pis 2022: quem pode receber?

Terá direito ao abono Pis/Pasep em 2022 os brasileiros que trabalharam por pelo menos 30 dias com carteira assinada no ano de 2020. Ainda, para ter acesso ao saque é necessário cumprir os seguintes requisitos:

  • Estar cadastrado no PIS/PASEP há pelo menos cinco anos;
  • Ter recebido remuneração mensal média de até dois salários mínimos durante o ano-base (2020);
  • Ter exercido atividade remunerada, durante pelo menos 30 dias, no ano-base considerado para apuração;
  • Ter seus dados informados pelo empregador (Pessoa Jurídica) corretamente na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

O que é Pis e Pasep?

O Programa de Integração Social (PIS) é a contribuição tributária feita pelos trabalhadores da iniciativa privada que trabalham com carteira assinada. O fundo é administrado pela Caixa Econômica Federal que libera, anualmente, o abono salarial aos trabalhadores.

Já o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) é o fundo voltado aos trabalhadores do setor público, administrado pelo Banco do Brasil.

Como saber meu número do Pis/Pasep?

Existem duas formas de identificar o número do seu benefício. A primeira é consultando a Carteira de Trabalho (CTPS), o número do Pis deve estar na primeira página juntamente com os demais dados.

Outra forma é acessando o site do INSS - https://meu.inss.gov.br/ - ou aplicativo Meu INSS. Então, siga os passos abaixo:

  • Entre com o seu login único Gov.br;
  • Digita o seu CPF e clique em Continuar (ou faça o seu cadastro);
  • Após fazer o login, clique na aba "Meu cadastro", no canto superior esquerdo. Ali devem constar dados como nome completo, CPF e o numero PIS/NIT.

Valor do Pis/Pasep

Com um novo salário mínimo para 2022, trabalhadores que recebem o piso nacional terão salário de R$ 1.212,00, um aumento de R$ 112,00 em relação ao salário mínimo de 2021.

Se o trabalhador comprovar 3 meses, receberá 3/12 do salário mínimo vigente - veja abaixo a tabela.

Assim como nas aposentadorias e benefícios do INSS, o reajuste do valor do abono salarial Pis/Pasep também é feito a partir do salário mínimo nacional. Dessa forma, veja abaixo a tabela com os valores do Pis em 2022 com a proporção para cada mês trabalhado:

Proporção (meses trabalhados) Valor do abono em 2022
1 R$ 101,00
2 R$ 202,00
3 R$ 303,00
4 R$ 404,00
5 R$ 505,00
6 R$ 606,00
7 R$ 707,00
8 R$ 808,00
9 R$ 909,00
10 R$ 1.010,00
11 R$ 1.111,00
12 R$ 1.212,00

Ainda, conforme o Artigo 5º da Medida Provisória nº 946, de 7 de abril de 2020, os valores de cotas do PIS serão tidos por abandonados a partir de 1º de junho de 2025, quando passarão para a União. Assim, os saques do PIS estarão disponíveis para saque até 31 de maio de 2025.